NOTÍCIAS

Empresas do Cietec participam do PIPE High-Tech Entrepreneurial Training da Fapesp

Sete startups da Incubadora de Empresas de Base Tecnológica de São Paulo USP/IPEN estão imersas no curso PIPE High-Tech Entrepreneurial Training, oferecido pela Fapesp. No total, foram 21 empresas selecionadas pelo órgão de fomento paulista para participarem do treinamento.

As empresas Bright Photomedicine, DEV Tecnologia, SALT, Reciclapac, Chem4U, Inova Serviços e VR Monkey participam do programa de seis semanas, desenvolvido em colaboração com a George Washington University. O treinamento tem inspiração no “consumer development”, metodologia formulada por Steve Blank, professor da University of California em Berkeley, da Columbia University e do California Institute of Technology (Caltech), dos Estados Unidos, e empreendedor no Vale do Silício. O método incentiva o empresário a conhecer a necessidade de seu consumidor antes de desenvolverem sua tecnologia e, dessa forma, mudar a cultura da startup.

As empresas estão finalizando a fase 1 do PIPE – com duração de até nove meses, em que deve ser demonstrada a viabilidade técnica da proposta – e em vias de ingressar na fase 2 do programa, com duração de até dois anos, e voltada a apoiar o desenvolvimento de um produto, processo ou serviço inovador. Todas elas montaram uma equipe de três pessoas, com pesquisador principal, responsável pela área de negócios, além de um mentor, com experiência de mercado, selecionado pela Fapesp.

O treinamento tem quatro fases: preparação de “Business Model Canvas”; lições sobre como entrevistar consumidores e incorporar as respostas ao modelo de negócios; entrevistas com potenciais clientes, parceiros e concorrentes e avaliação dos resultados; apresentações orais dos projetos de negócios finais. Atualmente acontece a segunda etapa.

Segundo Pedro Kayatt, CEO da VR Monkey, “o curso tá sendo muito bom. Honestamente achei que seria mais um curso de empreendedorismo antiquado e sem valor prático, mas ele é bastante focado em desenvolver as coisas de forma pragmática”. O empreendedor da área de realidade virtual e games acrescenta que já está aplicando diretamente os conhecimentos aprendidos. “Estamos com uma boa noção de planejamento de negócios sobre vários aspectos, muito melhor do que fazendo um plano de negócios tradicional”.

Sergio Risola, diretor-executivo do Cietec, comenta a iniciativa. “Percebemos que nunca a Fapesp investiu tanto em preparar as empresas que recebem fomento para irem ao mercado. Isso é muito positivo, já que a entidade mostra que não está preocupada somente com a qualidade da pesquisa que é investida, mas também com o sucesso que ela terá ao colocar seu produto ou serviço à venda”.

 

FALE CONOSCO

Entre em contato conosco pelos telefones:  (11) 3039-8300 clique no botão abaixo e preencha o formulário de contato. Será um prazer atende-los!
Veja mais