NOTÍCIAS

Entidades anunciam acordos e programas

No fim da tarde desta terça-feira (20), os participantes da 25ª Conferência Anprotec assistiram ao anúncio de iniciativas e programas de incentivo ao empreendedorismo inovador. O presidente da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), Luis Fernandes, lançou o programa Finep Startup, que tem por objetivo  alavancar empresas em fase final de desenvolvimento do produto ou que precisem ganhar escala. Na sequência, a presidente da Anprotec, Francilene Garcia, recebeu uma carta de intenções do presidente do Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI), Luiz Otávio Pimentel, e assinou um acordo de cooperação com a presidente da Associação Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec), Cristina Quintella.

De acordo com a presidente da Anprotec, a agenda de anúncios e lançamento foi positiva, especialmente em meio ao momento em que o país se encontra. “Isso sinaliza que os ambientes de inovação são, juntamente com seus parceiros, uma alternativa para o desenvolvimento sustentável do país e menos vulnerável à crise. Outro destaque é essa sinergia na atribuição de competências de cada parceiro, dentro das ações que começamos aqui”, afirmou Francilene Garcia.

Finep Startup

Na avaliação do presidente da Finep, Luís Fernandes, o programa lançado hoje vem suprir uma necessidade específica, até então não atendida pelas demais ações da agência. “O Finep Startup é destinado a empresas inovadoras que estão no mercado, mas ainda não têm condições de fornecer garantias para obtenção de crédito. Até então não havia um instrumento específico para viabilizar empresas brasileiras de alto crescimento”, destacou.

O programa vai aportar conhecimento e recursos financeiros via participação no capital de empresas inovadoras de base tecnológica, em estágio inicial, com faturamento anual de até R$ 3,6 milhões. Uma das novidades é que o investimento será realizado por meio de contrato de opção de compra de ações e pode chegar a R$ 1 milhão, baseado no plano de negócios da startup. “É investimento que não se traduz em participação na empresa, mas que permite compartilhar o risco na viabilização desse negócio”, explicou Fernandes.

Em seguida, o presidente da Finep, a presidente da Anprotec e a diretora-executiva da Anjos do Brasil, Maria Rita Spina Bueno, assinaram um memorando de entendimento para a operacionalização do programa. “Para nós, é muito importante ter a parceria da Anjos do Brasil e da Anprotec nesse programa, pela competência com que atuam em suas áreas, não apenas com investimento, mas também no acompanhamento e desenvolvimento das empresas”, avaliou Fernandes.

A diretora-executiva da Anjos do Brasil, Maria Rita Spina Bueno, falou da importância dos parceiros para o desenvolvimento de empreendimentos inovadores no Brasil. “Sabemos que essa não é uma tarefa fácil e nem é feita por um único agente. Por isso, acredito que esse programa vai beneficiar os empreendedores e, dentro de alguns anos, teremos histórias de sucesso”, disse.

Novas parcerias

Após ao anúncio da Finep, Francilene Garcia recebeu das mãos do presidente do INPI, Luiz Otávio Pimentel, uma carta de intenções expressando o desejo de um futuro acordo de cooperação entre as duas entidades. “Sabemos que o projeto de modernização e gestão de propriedade intelectual é fundamental para passarmos a um novo patamar, que pode se ampliar no momento em que o INPI estabelecer escritórios dentro de parques tecnológicos, examinando pedidos de patente e processos de transferência tecnológica”, afirmou o presidente do INPI. De acordo com Pimentel, a presença de especialistas do INPI em ambientes de inovação poderia ampliar a geração de novos conhecimentos e patentes, uma vez que eles poderiam interagir com os pesquisadores das empresas residentes nesses ambientes.

Por fim, as presidentes da Anprotec, Francilene Garcia, e da Associação Fórum Nacional de Gestores de Inovação e Transferência de Tecnologia (Fortec), Cristina Quintella, assinaram um acordo de cooperação entre as duas entidades. “Essa é uma excelente oportunidade para as duas instituições, que são complementares no processo de transferência tecnológica. A Anprotec conhece aspectos enfrentados pelas empresas nas incubadoras e parques tecnológicos e sabe também da necessidade de maior conteúdo tecnológico nos negócios”, avaliou Cristina.

Encerramento

Após o anúncio das parcerias e programas, o gerente da Unidade de Acesso à Inovação e Tecnologia do Sebrae, Célio Cabral de Sousa Junior, anunciou o lançamento dos Cadernos de Inovação em pequenos negócios dos Arranjos Locais de Inovação (ALI) e entregou uma placa de homenagem aos autores e orientadores dos três melhores artigos produzidos por agentes dos ALI ao longo de dois anos.

*Foto: Márcio Oliveira. Confira a cobertura fotográfica completa aqui.

FALE CONOSCO

Entre em contato conosco pelos telefones:  (11) 3039-8300 clique no botão abaixo e preencha o formulário de contato. Será um prazer atende-los!
Veja mais